Seta
Foton Caminhões estreia no Circuito Ceasa
03/2015

A Foton Caminhões estreia no dia 17 de março, em Porto Alegre, no Circuito Ceasa, evento de relacionamento com clientes nas Centrais Estaduais de Abastecimento espalhadas pelo País, e até o final de 2015 percorrerá outras quatro regiões do Brasil nos meses de março, julho, setembro e novembro.

Os caminhões Foton de 3.5 e 10 toneladas estarão presentes em cada etapa do circuito por quatro dias, com o objetivo de apresentar aos motoristas autônomos, transportadores, caminhoneiros, entre outros, os veículos comerciais mais completos da categoria. Em um estande da empresa, o público interessado contará com um atendimento personalizado da área de vendas da Foton e dos concessionários de cada região.

Os visitantes poderão ainda realizar test-drive nos veículos da marca, todos com componentes de renome internacional como motor Cummins, caixa de câmbio ZF e sistema de injeção Bosch.
Para Alcides Cavalcanti, diretor de vendas, marketing e pós-venda da Foton Caminhões, o objetivo da participação da empresa no Circuito Ceasa é apresentar o produto da marca em locais onde circulam durante todo o dia o público alvo do produto. “É uma boa oportunidade de termos um contato mais próximo com o nosso público alvo, além de estarmos apoiando a nossa rede de concessionários a fazer este tipo de ação comercial. Acreditamos muito no produto Foton, e eventos como este nos dão a chance de compartilhar com o mercado a qualidade e os diferenciais do produto”, afirma Cavalcanti.

Em abril de 2014 a empresa iniciou as obras da sua fábrica no Brasil, na cidade de Guaíba, no Estado do Rio Grande do Sul, e a previsão é que o primeiro caminhão brasileiro deixe a linha de montagem em 2016. Neste período, a Foton Caminhões continuará o processo de expansão de sua rede de concessionárias que já conta com 30 revendas, com o objetivo de 50 operando em todo território nacional até o final de 2015.

Produtos Foton

O caminhão Foton de 3.5 é disponível para venda nas opções rodagem simples ou dupla, 110 ou 140 cavalos. Apesar das suas características robustas, o caminhão pode ser operado por motoristas com habilitação de categoria “B”, e conta com dois anos de garantia sem limite de quilometragem. Com tração 4×2, 4,8 metros de comprimento e 1,82 metros de largura, sua configuração é compacta e sua cabina é a mais espaçosa do mercado nacional, oferecendo conforto ao motorista. O veículo atende às configurações de um VUC (Veículo Urbano de Carga), por isso tem livre acesso nas zonas de restrições existentes nas maiores cidades do País.

Um grande diferencial do Foton 3.5 é a grande quantidade de equipamentos de segurança e itens de conforto já instalados de série, tais como: airbag, freios ABS, ar condicionado, volante regulável, direção e embreagem hidráulicas, defletor de ar, vidros e travas elétricas, acelerador manual eletrônico, barras estabilizadoras, cd player, sensor de ré, além de o veículo ser equipado com os melhores componentes do mercado: a agilidade e força vem do motor Turbocharger Cummins 2.8 com Intercooler e sistema de injeção eletrônica Common Rail Bosch, que garante o maior torque da categoria. O seu sistema de transmissão é ZF.

Já o Foton 10-16 DT, veículo do segmento de leves que chega na versão de 10 toneladas, com capacidade para receber terceiro eixo e se transformar em um caminhão de 13 toneladas, será o primeiro a ser produzido no Brasil com índice de nacionalização superior a 65%.

Com motor Cummins de 3.8 I, com 160 cv, torque de 600 Nm., é o único veículo da categoria com a conceituada caixa de transmissão ZF-6-S-500 de seis marchas, com over drive que faz com que o motor trabalhe em menor rotação, aumentando sua vida útil, oferecendo inclusive entrada para tomada de força. Possui entreeixos de 3360 mm, 3800 mm e 4500 mm. Com a medida de entreeixos de 3360 mm, o veículo atende a aplicação VUC (veículo urbano de carga).

Alguns itens de série do Foton 10-16 DT são: defletor aerodinâmico no teto, ar condicionado, vidros com acionamento elétrico, rádio com saída auxiliar, cobertura do degrau de acesso à cabine, generoso ambiente interno com diversos nichos para acomodar documentos, coluna de direção ajustável em inclinação e altura, e acelerador manual. O peso próprio do veículo (tara) de 3.200 kg é um destaque entre os concorrentes, privilegiando a capacidade de carga. Freios de serviço a ar dotado de ABS e de estacionamento com molas acumuladoras (spring brake), longarinas do chassis com modulo seccional de alta resistência garantem a durabilidade do produto.







Assessoria de Imprensa
Marta de Souza
MM EDITORIAL - ENVIAR E-MAIL
(11) 99407-5750