Seta
Foton inicia produção de caminhões em Guaíba, RS
04/2020

  • Modelo da Família Minitruck, de 3.5 toneladas, foi o primeiro a ficar pronto nesta semana
  • Os veículos estão sendo montados na GEFCO Indústria, empresa do Grupo GEFCO, contratada pela Foton para produzir os caminhões nacionais da marca

 

Está pronta e ativa a linha de montagem que a Foton estruturou em Guaíba, RS. O primeiro caminhão, um veículo leve da Família Minitruck, de 3.5 toneladas, acabou de sair da linha de montagem que a empresa montou a partir da contratação da GEFCO Indústria, empresa do Grupo GEFCO, para montar os caminhões nacionalizados da marca no Brasil.

A linha de montagem nas instalações da GEFCO, que fica ao lado da área onde a Foton vai construir sua fábrica no Brasil, vai funcionar até a conclusão das obras das novas instalações da montadora chinesa na cidade gaúcha.  Para atender a necessidade de produção local da Foton no País, a GEFCO está construindo um novo pavilhão industrial em Guaíba que será finalizado no final deste ano. Enquanto isso, para atender a demanda de mercado da Foton, a montagem dos caminhões está sendo realizada em outro imóvel, onde foi produzida a primeira unidade.

De acordo com Leandro Gedanken, diretor industrial da Foton do Brasil, “a produção dos caminhões da marca em Guaíba, onde em breve haverá a fábrica, ajudará também a desenvolver de maneira mais eficiente os fornecedores locais”.

Conforme o executivo, a empresa chinesa criou uma trading em Guaíba, com 100% de capital estrangeiro, que vai importar componentes da China e complementar com peças nacionais.

Até o ano passado, a Foton produzia seus caminhões em espaço alugado na fábrica da Agrale, em Caxias do Sul, RS. “Como agora contamos com aporte de capital da matriz, na China, entendemos ser o momento adequado para se produzir próximo ao local onde teremos fábrica própria”.

Gedanken disse que momentaneamente a produção em Guaíba vai acompanhar o ritmo do mercado nacional que, por conta da pandemia Covid-19, demanda baixo volume. “Estruturamos uma linha enxuta, mas altamente produtiva e flexível para ser capaz de responder prontamente a aumentos de demanda”. No final do ano, a linha instalada no novo galpão industrial terá capacidade de produzir até 100 veículos/mês da marca.

A nova linha de montagem está ativa, com baixo volume, e respeitando todas as recomendações de cuidados com a saúde preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no combate ao Covid-19.







Assessoria de Imprensa
Marta de Souza
MM EDITORIAL - ENVIAR E-MAIL
(11) 99407-5750